Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24/12/2016

Resenha - Watashi ga Motete Dousunda - Anime


Informações
Nome: Watashi ga Motete Dousunda
Tipo: TV
Episódios: 12
Lançamento: 2016
Estúdio: Brain's Base
Gênero: Comédia, Harém, Romance, Escolar, Shoujo
Duração: 23 min.
Classificação: +13


Sinopse: Serinuma é uma fujoshi (garota fã de yaoi). Quando ela vê dois garotos conversando, ela já começa a delirar em loucas fantasias! Um dia, o personagem favorito de anime dela morre, e o choque a faz perder bastante peso. Com isso, quatro garotos da escola decidem chamá-la pra sair, mas ela não dá a mínima - ela acharia muito melhor ver os quatro se pegando!


História

Serinuma é uma aluna gordinha do ensino médio que é uma mega fujoshi e que, secretamente, shippa seus colegas de classe, Igarashi e Nanashima. Após a morte de seu personagem de anime favorito, Serinuma entra em colapso e perde peso rapidamente. Ao se recuperar, ela volta para a escola e parece ter se tornado uma garota bem atrativa para seus colegas, assim como para o calouro Shinomiya e o senpai Mutsumi. Como ela lidará com esses garotos, sendo que ela tem os pensamentos de uma fujoshi/otaku? E é assim que a história segue. O anime me conquistou por trazer essa visão diferente das obras com harém inverso, ele tem uma personagem tão cativante que não esquece de seus princípios mesmo quando muda drasticamente sua aparência física.


Serinuma é super otaku, ela só tem olhos para seus personagens 2D e assume uma personalidade muito cômica ao mostrar que eles estão acima de tudo para ela. Além de otaku, é fujoshi, o que torna tudo muito mais engraçado. Esse não é um típico anime de harém pelo simples fato de que a protagonista não quer ficar com nenhum dos meninos, na verdade, ela quer que eles se peguem entre eles! Além dos quatro garotos que estão afim dela, também temos uma garota, Nishima (também fujoshi), que luta ao lado dos garotos pelo amor de Serinuma. E a história vai mostrando os personagens tentando conquistar a protagonista, enquanto ela só quer saber de yaoi.


A protagonista não tem muitas ambições em sua vida amorosa e nenhum senso comum quando se trata de namoro, o que faz com que a mesma não tome atitudes clichês, típicas de histórias do gênero, sendo impossível não cair na risada ou ter uma adoração por Serinuma; a obra não se acomoda com o estereótipo, ela usa sim essa ideia como base, mas traz algo inédito junto dela.

Fonte.

Mas nem tudo nesse anime é legal. No primeiro episódio já fica claro, e ao longo do anime só fica mais evidente. Os garotos só começaram a gostar e querer namorar com a Serinuma, depois que ela emagreceu. Alguns deles sempre trataram ela de modo gentil, outros eram sem educação só por ela ser gorda. Mas quando ela emagrece, todo mundo quer sair com ela. Não tem nada de errado em você ter um gosto pessoal, tem pessoas que gostam mais de magrinhos, outras mais de gordinhos. O problema aqui é o modo como eles tratavam ela. Só porque você não quer namorar alguém gordinha, não significa que você pode ser sem educação com a pessoa. TODO MUNDO MERECE RESPEITO. Independente se você está afim da pessoa ou não.


Outro ponto ruim, que me deixa triste, porque eu gostei da temática do anime, (adoro ver fushojis em ação) é o abuso da personagem. Não importa se foram os personagens masculinos ou femininos, a autora usa e abusa – literalmente, é abuso – da Serinuma. Haviam cenas que eu ficava com muita dó da personagem, pelas situações chatas que faziam ela passar. E não só com ela, mas entre eles todos, haviam situações muito erradas ali, comportamentos extremamente absurdos! "Ah Mônica, não exagera, é só um anime." Realmente é só um anime, mas a mensagem que ele passa em muitas cenas é péssima. É triste, pois ele tem tudo para ser excelente.


O anime é bom para você ver e entender o lado das fujoshis, como elas se sentem e como elas veem a vida. E o melhor é que não é uma personagem qualquer, é a protagonista! Uma otaku super fofa! É impossível não amar essa garota. Tem cenas bem escrotas, e se você parar para pensar e problematizar, tem muita coisa errada e triste acontecendo nessa história. Mas fora esses momentos, o anime é sim muito engraçado, foi bacana de acompanhar, foi super legal de shippar os personagens e não me arrependo de ter visto. SHIPPAR É TUDO DE BOM (especialmente yaoi)!


Arte

Achei a arte muito bonita. Nada super inovador, mas muito bem feito. Os personagens são bonitos, eles conseguem ser fofinhos, mas também em algumas cenas conseguem ser sedutores. Especialmente a Serinuma, que tem fases gordinha, outras magrinha, e fases em modo fujoshi com vários níveis diferentes. É legal ver a mesma personagem de vários jeitos. Os cenários também estavam sempre bons. De modo geral, é um anime bem colorido, bem detalhado e bem animado. A animação estava realmente muito boa. Gostei bastante (especialmente dos olhos)!


Músicas

Não sabia muito bem aonde encaixar esse comentário, então vou fazer aqui na parte das músicas. A dubladora da Serinuma está de parabéns! É raro eu falar dos dubladores nas minhas resenhas, apesar de pessoalmente já reconhecer alguns só de ouvir e ser fã, porque eles acabam fazendo muitos personagens que eu amo, mas essa dubladora foi incrível! A voz da personagem quando estava gordinha era diferente de quando estava magrinha e era diferente quando estava no "modo fujoshi". Era muito engraçado! Achei fantástico e deu muito mais vida para a personagem.

Abertura:
"Prince×Prince" - From4to7

Encerramento:
"Dokidoki no Kaze" - Rie Murakawa


Vale a pena ver?

Se você manter em mente tudo que disse na resenha, e souber que não pode fazer essas coisas na vida real, sim. Apesar de tudo, foi um anime divertido, eu dei MUITA risada, teve cenas extremamente engraçadas, especialmente aos olhos de uma fujoshi, foi um anime bacana, gostoso de acompanhar. Mas ao mesmo tempo tinham vários fatores bem desanimadores e cenas mega irritantes. Acho que se você entende das piadas do "mundo fujoshi", provavelmente também vai achar esse anime super divertido. E se você não entende como uma garota pode gostar de yaoi, veja pelo menos o primeiro episódio, que talvez você pegue a essência da coisa xD


E QUE FIQUE BEM CLARO QUE O SENPAI É O ÚNICO DECENTE!
#teamsenpai


7 comentários:

  1. Obrigada pelo post! Eu já havia visto gifs do anime, mas achei que era só um hárem invertido comum! Ainda com várias coisas legais e diferentes, fiquei triste com esse abuso da Serinuma, poxa ;uuuu; Mais um...
    Acho que ela poderia continuar ao menos um pouco gordinha também, poxa quando eu li de começo eu logo já pensei "mds, que interesseiros" e__e mas fazer o que né...

    Já vou indo, beijinhos :3
    ~ Powerful Alien Girl

    ResponderExcluir
  2. O Senpai realmente é o único decente, tratava ela com gentileza desde o começo, reconhecendo ela na lata gordinha ou não. #teamsenpai

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Acabei de assistir o anime e é exatamente como você descreveu Escritora-chan!!!!! Simplesmente adorei, mais o fato de que os personagens só começaram a falar direito com ela depois que ela ficou bonita me incomodou e muito!!!!!! Mas tirando isso foi perfeito!!!!! Adorei suas recomendações de animes!!!!! Não se surpreenda se eu comentar em postes antigos!!!!!!
    #teansenpai
    Bjs com gloss de melancia!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu acabei (literalmente, acabei) de assistir esse anime e... eu ADOREI! Tô entrando nesse universo otaku há pouco tempo e já descobri que clichês habitam nos gêneros de harém e shoujo.
    Então assistir WGMD como o primeiro nesses estilos já foi bem radical-diferentão.
    Enfim, o anime não é só diferente pela proposta, da protagonista ser uma otaku-fujoshi, mas também pelo final. SPOILER: eu também era do #teamsenpai, embora cheguei a shippar a Serinuma com o Igarashi, algumas vezes, e outras com a Nishima (os outros dois não cheguei a curtir, pois foram os que mais implicaram com ela qnd ela era gordinha, embora eles mudem em meados da série) e, tipo, já era óbvio para mim de ela ficaria com o Mutsumi no episódio final, PORÉM ela surpreende, revelando sua natureza otaku/fujoshi ao extremo, que, nada mais que, ser assexual. Foi um final inesperado pra um anime harém-shoujo e que me fez ter uma paixão ainda maior por ele <3

    ResponderExcluir