Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

11/01/2017

Resenha - Nineteen, Twenty-One - Mangá


Informações
Nome: Nineteen, Twenty-One
Volumes: 2
Capítulos: 21
Lançamento: 2010
Gênero: Romance, Shoujo, Slice of Life
Autora: Kim Hye-Jin (Arte), Yohan (História)
Editora: Naver Webtoon


Sinopse: Yun Lee sofreu um acidente que a impossibilitou de fazer suas atividades normalmente durante dois anos, e por causa disso, ela carrega uma enorme mágoa no seu coração. Afinal, dois anos perdidos, não são dois dias. No entanto, Yun Lee tenta dar a volta por cima levando uma vida normal. Ela se inscreveu em um cursinho para tentar ingressar na universidade. Mesmo assim, ela continua se sentindo infeliz, até conhecer o jovem Ju Dong Hwi, que muda sua vida.


Novidade no blog! Essa resenha não é sobre um mangá, mas sim um manhwa, que é um termo geral coreano para designar histórias em quadrinhos. Fora da Coréia, o termo se refere especificamente a histórias em quadrinhos da Coréia do Sul, enquanto mangá se refere a histórias em quadrinhos do Japão. Acredito que essa foi a primeira vez na vida que li um manhwa. Se li antes, não sabia o que era HAHAHA Espero que gostem da resenha! :3



História

A história vai acompanhar dois jovens. Ele tem 19 anos e ela 21 (que é o título da história). Yun Lee sofreu um grave acidente que a fez perder os exames de admissão para a universidade. Por conta disso, ela perdeu amigos e perdeu muitas oportunidades. Mas mesmo sentindo toda essa tristeza e mágoa por "estar atrasada" em relação aos demais, ela não fica apenas chorando ou reclamando. Yun Lee corre atrás das coisas que deseja! E temos Ju Dong Hwi, que concluiu o ensino médio mas não sabe o que quer da vida. No momento, seu objetivo é tentar descobrir algo para fazer antes de se tornar um "adulto" cheio de responsabilidades. Ele passa a maior parte do seu tempo trabalhando em empregos de meio período para juntar dinheiro e fazer algo impressionante com a grana, mas sua vida acaba se resumindo a alimentar gatos de rua com seu salário. Em um belo dia eles acabam se conhecendo e descobrindo que ambos amam gatos.


A relação entre os personagens é super espontânea. Eles acabam se conhecendo e descobrindo que ambos alimentavam os gatos de rua. Então passam a alimentar os gatos juntos e tentam enfrentar alguns obstáculos. É óbvio que os dois se sentem seriamente envolvidos, afinal, ambos se sentem extremamente preocupados com o destino dos gatos, mas essa proximidade toda também pode despertar sentimentos diferentes e é aí que morre a mera simplicidade dessa história.

Ambos veem no outro uma forma de se autoconhecerem. Ele é super despreocupado, mas ao conhecer ela, passa a pensar em coisas que nunca tinha pensado antes. Ela se confronta com uma pessoa totalmente oposta, demonstrando sentimentos com relação ao rapaz, é um reconhecimento de que ela não pode ter o tempo perdido de volta e ver alguém desfrutando de seus 19 anos sem saber o que quer fazer, ou seja, desperdiçando isso, é uma afronta para alguém que teve dois anos de sua vida roubados por causa de um acidente. Chega a ser uma ironia do destino.

Fonte.


Além dos dois personagens principais, essa é uma história sobre gatos. A história é construída em torno dos gatos, a reunião dos personagens é por causa dos gatos, tem vários dramas e dilemas com os gatos... Os gatos estão em toda parte! A história se desenvolve em um ritmo bem suave. Tem os momentos de tensão e drama, mas tem muitos fofos e românticos!



Arte

A arte é original e elegante. As cores são bem suaves e bonitas. Achei incrível! E fofinho :3


Vale a pena ler?

Você curte drama e romance? Quer uma história onde os personagens enfrentam situações difíceis? Gosta de gatos? Se sim, recomendo com certeza! Fazia tempo que eu não lia algo tão leve e tão delicado. É uma história agradável e simples. Entretanto, é diante dessa simplicidade toda que mora o perigo, afinal, nem tudo é tão simples quanto parece (entendem?) ♥~


4 comentários:

  1. Smp tive um preconceito c esse tipo de obra, pra mim só os japoneses conseguem produzir animes e mangás de qualidade, mudei isso qnd vi uma obra chinesa e achei mt boa, e como romance é meu terceiro gênero favorito esse parece ser bem promissor tbm.

    ResponderExcluir
  2. Monica, você já leu um manga chamado Seven Days?

    ResponderExcluir
  3. Me parece que "Say 'I love you'" entrou na vida adulta...

    ResponderExcluir